Fábula: O vendedor de cachorro quente e a crise

Um homem vivia à beira de uma estrada e vendia cachorro quente. Ele não tinha rádio, não tinha televisão e nem lia jornais, mas produzia e vendia o melhor cachorro quente da região. Ele se preocupava com a divulgação do seu negócio e colocava cartazes pela estrada, oferecia o seu produto em voz alta e o povo comprava e gostava.

As vendas foram aumentando e cada vez mais ele comprava o melhor pão e a melhor salsicha. Foi necessário também adquirir um fogão maior para atender a grande quantidade de fregueses. E o negócio prosperava a olhos vistos. Seu cachorro quente era o melhor!

Vencedor, ele conseguiu pagar uma boa escola ao filho. O menino cresceu, e foi estudar Economia numa das melhores Faculdades do país.

Anos depois, finalmente, o filho já formado, voltou para casa, notou que o pai continuava com a vida de sempre, vendendo, agradando e prosperando e teve uma séria conversa com o pai:

– Pai, então você não ouve rádio? Você não vê televisão? Não acessa a Internet e não lê os jornais? Há uma grande crise no mundo. A situação do nosso País é crítica. Está tudo ruim. O Brasil vai quebrar.

Depois de ouvir as considerações do filho Doutor, o pai pensou: _ Bem, se meu filho que estudou Economia na melhor Faculdade, lê jornais, vê televisão e internet, participa de redes sociais, e acha isto, então só pode estar com a razão, a coisa deve estar feia mesmo!

Com medo da crise, o pai procurou um Fornecedor de pão mais barato (e é claro da pior qualidade).

Começou a comprar salsichas mais barata (que era, também, a pior). Para economizar, parou de fazer cartazes de propaganda na estrada.

Abatido pela noticia da crise já não oferecia o seu produto em voz alta. Tomadas essas providências, as vendas começaram a cair e foram caindo, caindo e chegaram a níveis insuportáveis e o negócio de cachorro quente do velho, que antes gerava recursos até para fazer o filho estudar Economia na melhor Faculdade quebrou.

O pai, triste, então falou para o filho: – Você estava certo, meu filho, nós estamos no meio de uma grande crise. e comentou com os amigos,orgulhoso:

– Bendita a hora em que eu fiz meu filho estudar economia, ele me avisou da crise!

Este texto nos revela uma grande lição: Vivemos em um mundo contaminado de más noticias e se não tomarmos o devido cuidado, essas más noticias nos influenciarão a ponto de roubar a prosperidade de nossas vidas, portanto, cuide-se, liberte-se e lute pelos seus objetivos de forma consistente e permanente.

 

Autor desconhecido

 

 

Seja diferente e tenha resultados diferentes

[:pt]Estude muito, mas não necessariamente pelas vias convencionais;

Trabalhe muito, mas não necessariamente em um emprego considerado padrão;

Sonhe muito, mas de preferência acordado;

Ame muito, mas de preferência leal a uma única pessoa;

Viaje muito, mas não necessariamente usando drogas ou bêbado;

Divirta-se muito, mas de preferência em seu projeto;

Se encontrou a pessoa certa bem cedo, por que ter medo? Case!

Se precisar virar a noite trabalhando, produza na madruga!

Deu errado? Aprenda os erros e tente de novo. Deu certo? Aprenda como melhorar e tente de novo.

Se a moda é o egoísmo, então divida, compartilhe e ajude.

Se ser esperto e descolado é levar a vida de balada em balada sem construir nada, então seja otário!

Se tá todo mundo indo numa direção, então é justamente pra lá que você jamais deve ir.

Agora, caso você deseje ter os mesmos resultados na vida que a maioria das pessoas têm, basta fazer do jeito todo mundo faz e por favor, ignore tudo que eu escrevi acima.[:en]Study hard, but not necessarily by conventional routes;

Work hard, but not necessarily in a job considered standard;

Dream a lot, but preferably agreed;

Love Much, but fair preference to one person;

I travel a lot, but not necessarily using drugs or drunk;

Play hard, but preferably in your project;

If you have found the right person early, why be afraid? Case!

If you need to turn the night working, given on the early bird!

It went wrong? Learn errors and try again. It worked? Learn how to improve and try again.

If fashion is selfishness, then divide, share and help.

If being smart and cool is to take the ballad of life ballad without building anything, so be sucker!

If everybody’s going in one direction, then it’s just over there that you should never go.

Now, if you want to have the same results in life that most people have, just do it the way everyone else does and please ignore everything I wrote above.[:de]Estude muito, mas não necessariamente pelas vias convencionais;

Trabalhe muito, mas não necessariamente em um emprego considerado padrão;

Sonhe muito, mas de preferência acordado;

Ame muito, mas de preferência leal a uma única pessoa;

Viaje muito, mas não necessariamente usando drogas ou bêbado;

Divirta-se muito, mas de preferência em seu projeto;

Se encontrou a pessoa certa bem cedo, por que ter medo? Case!

Se precisar virar a noite trabalhando, produza na madruga!

Deu errado? Aprenda os erros e tente de novo. Deu certo? Aprenda como melhorar e tente de novo.

Se a moda é o egoísmo, então divida, compartilhe e ajude.

Se ser esperto e descolado é levar a vida de balada em balada sem construir nada, então seja otário!

Se tá todo mundo indo numa direção, então é justamente pra lá que você jamais deve ir.

Agora, caso você deseje ter os mesmos resultados na vida que a maioria das pessoas têm, basta fazer do jeito todo mundo faz e por favor, ignore tudo que eu escrevi acima.[:]

Pequenos negócios geraram 56 mil empregos no ano de 2015

De janeiro a novembro deste ano, as micro e pequenas empresas geraram um saldo líquido de 56.240 empregos. Trata-se de um quadro bem diferente das empresas de médio e grande porte que fecharam um total de 1.010.939 vagas no mesmo período. As informações são do estudo mensal que o Sebrae elabora com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego.

Em novembro deste ano, os pequenos negócios encerraram 20,2 mil vagas de empregos. As médias e grandes empresas foram as responsáveis por 108,2 mil demissões. “Apesar da queda acentuada da economia neste ano, os pequenos negócios continuam sendo o segmento que gera novos postos de trabalho”, afirma o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

O presidente do Sebrae afirma que um dos motivos para a redução das vagas de emprego se deve principalmente às restrições de crédito. “O quadro econômico atual tem provocado elevação dos custos das empresas e a consequente redução de suas receitas. Isso dificulta a ampliação das vagas de empregos”, destaca.

Segundo Afif, uma saída está na redução dos depósitos compulsórios (recursos que são recolhidos e não podem ser emprestados pelas instituições financeiras). Se o Banco Central reduzir os compulsórios em 20%, afirma o presidente do Sebrae, podem ser liberados R$ 40 bilhões para empréstimos às pequenas empresas.

Sebrae disponibiliza o aplicativo Biblioteca Interativa Sebrae

Quer informações úteis para quem tem um negócio ou pensa em abrir uma empresa? Neste fim de ano, o Sebrae lançou uma novidade que vai facilitar aos empreendedores o acesso a mais de quatro mil documentos digitais para pequenos negócios: o aplicativo Biblioteca Interativa do Sebrae (BIS).

Inicialmente, o aplicativo é oferecido na tecnologia Android e está disponível para download na Google Play. A versão iOS está prevista para ser disponibilizada no primeiro semestre de 2016. “Informação é condição de competitividade para os negócios. Com o aplicativo móvel, o cliente do Sebrae tem a facilidade de acesso a todos os conteúdos da Biblioteca em seu smartphone, para ler e consultar onde estiver”, afirma a gerente de Capacitação Empresarial e de Cultura Empreendedora do Sebrae Nacional, Mirela Malvestiti.

Cada público atendido pelo Sebrae – potenciais empreendedores, potenciais empresários, microempreendedores individuais, produtores rurais e empresários de micro e pequenas empresas – pode encontrar informações estratégicas, como gestão e mercado, no acervo disponibilizado pelo aplicativo.

São diversos guias, cartilhas e publicações que tratam de temas como inovação, desenvolvimento sustentável e serviços financeiros. O usuário pode fazer busca por temas específicos e selecionar publicações para uma pasta de favoritos, facilitando o acesso ao conteúdo em outro momento.

Um diferencial do aplicativo é que ele inclui um leitor de QRCode (código Quick Response, que significa ‘acesso rápido’) para uso nas Estantes Virtuais BIS, localizadas dentro das instalações do sistema Sebrae e que podem ser encontradas em feiras e eventos de empreendedorismo. A estante virtual da BIS facilita a visualização dos documentos mais acessados na Biblioteca.

Criada em 2012, a BIS estabelece uma rede de dados entre todas as bibliotecas do sistema Sebrae. O acervo reúne documentos publicados pelo sistema Sebrae e parceiros desde 2008 e conta com muitos documentos atualizados. Desde o início do ano de 2015 foram realizados mais de 840 mil downloads de documentos.

1 2 3